16/12/2017

UMA CRÍTICA À VIDA MODERNA NAS MANIPULAÇÕES DIGITAIS DE CHUNLONG SUN

 
 
O design gráfico chinês Chunlong Sun criou uma série com um visão satírica e, às vezes, perturbadora da sociedade moderna. Ele critica o caos urbanos, a dependência gerada pelas novas tecnologias e o consumo desenfreado. Leva-nos a pensar melhor sobre a vida moderna e o nosso dia a dia. Feita em parceria com Guo Hang e Chin Liming, ela tem dado muito o que falar na internet. Para saber mais, visite o Instagram de Chunlong. Clique aqui

15/12/2017

CURIOSAS CASAS VOADORAS NO SIMPLES E BEM ELABORADO PORTFÓLIO DE LAURENT CHEHERE

 
 
O portfólio do fotógrafo Laurent Chehere é bastante variado. Ele transita entre a foto publicitária e a artística, a industrial e a autoral. A sua série mais elogiada, no entanto, é Flying Houses. Feita com uma mãozinha de softwares de edição de imagens, ela vem arrancando elogio do público profissional e leigo. Tratam-se de imagens de casa voadoras, muitas veze seguradas por cordas. São normalmente construções dos subúrbios que, talvez por influência de UP – Altas Aventuras, se transformaram em objetos voadores. Vale a pena conhecer esse interessante trabalho. E aprender como uma ideia simples pode criar um portfólio sensacional. Entre aqui

14/12/2017

A CURIOSA COMBINAÇÃO ENTRA A ESTÉTICA RAP E A PINTURA CLÁSSICA NA FOTOGRAFIA DE HAJAR BENJIDA

 

Essa é uma das contas do Instagram mais interessantes que nós já descobrimos. Aberta por um jovem de 22 anos chamado Hajar Benjida, ela combina a estética do mundo “gangsta rap” com a arte clássica. Trata-se de uma proposta artística bastante original, ainda mais porque chega em alguns momentos a ser hilária. Benjida faz as combinações mais improváveis possíveis. Interessante é que ele nos leva também a entender melhor a moda e o estilo de vida de algumas tribos do universo hip hop. Leva-nos a descobrir como as possibilidades da arte podem ser infinitas. Clique aqui e saiba mais sobre esse trabalho.

13/12/2017

A IRRESISTÍVEL HARMONIA ENTRE LUZ E SOMBRA NA FOTOGRAFIA P&B DE JASON M. PETERSON


 
O fotógrafo Jason M. Peterson angariou milhares de fãs no Instagram, e por motivos mais do que especiais. O cara é realmente talentoso. Suas fotos em preto em branco são com frequência elogiadas não só no mundo virtual, mas fora dele. Peterson explora como poucos a geometria do ambiente, bem como o contraste entre luz e sombra. Explora perspectivas muitíssimo bem. Clicadas em cidades globais como Kuala Lumpur, Chicago e Nova York, algumas imagens são de tirar o fôlego. Fazem todo fotógrafo amador murmurar para si um “cara, eu como eu gostaria de tirar uma foto dessas”. O VEL normalmente divulga artistas considerados originais, mas fez questão de divulgar Peterson pelo talento. O cara sabe o que faz. Clique aqui e conheça a fundo essa incrível harmonia entre luz e sombra de Jason M. Peterson.

11/12/2017

PEÇAS DE CERÂMICA TATUADAS E COM FORTE PEGADA ROQUEIRA DE EVELYN TANNUS

 
 
A artista Evelyn Tannus tornou-se famosa por suas delicadas esculturas em porcelana, sobretudo as mãos e punhos tatuados. As peças com forte inspiração no mundo do rock pesado e do tatoo, vêm a algum tempo chamado a atenção de galeristas e museus. Tannus chegou a expor em instituições renomadas como o Museu Brasileiro da Escultura. Curioso é que, apesar de ser brasileira da gema, ela ainda é desconhecida de muitas publicações de arte tupiniquim. Além de delicados, os braços são extremamente bem “tatuados”. Dizem que são inspirados em tatuadores famosos. Tannus não é uma artista como outra qualquer. Ela não curte arte para vender na 25 de Março, mas uma coisa com pegada diferente. Aliás, suas peças para casa são extremamente incomuns. Conheça melhor seu portfólio, é só clicar aqui.  

10/12/2017

A DELICADA ARTE DE INSPIRAÇÃO NEOCLÁSSICA DE KARI-LISE ALEXANDER


 
John William Waterhouse foi um pintor britânico de forte inspiração clássica. Seus quadros são muito admirados pelos fãs de arte, sobretudo da pré-rafaelista. É bem provável que um desses fãs seja uma mulher, mais propriamente a norte-americana Kari-Lise Alexander. A influência de Waterhouse é flagrante, com a diferença de que consegue dar uma alma própria à suas pinturas. A arte de Kari-Lise é sensível, delicada e extremamente bela. É cheia de vivacidade. Chamam a atenção elementos como as flores, a água e a figura feminina. Veja o portfólio de Kari-Lise clicando aqui.

09/12/2017

CRIATURAS HÍBRIDAS E SURREAIS NAS ILUSTRAÇÕES DE REDMER HOEKSTRA




Ao contrário de muitos artistas aqui citados, Redmer Hoekstra é bastante conhecido dos sites de arte e entretenimento brasileiros. Suas ilustrações são, até com certa facilidade, encontradas com legendas em português nas plataformas de buscas. Pudera. Elas mostram objetos, animais e seres humanos desenhados nos mínimos detalhes. Mas não se tratam de objetos ou seres comuns, mas de criaturas híbridas. São livros-corujas, rinocerontes-navios, cães-bolsas e outras criaturas que saltam aos olhos dos expectadores. Quimeras surreais nascidas de um mente talentosa e imaginativa. Você certamente irá se interessa por esse trabalho. Entre aqui e saiba mais sobre ele (o portfólio é sen-sa-ci-o-nal).

08/12/2017

AS ESCULTURAS ORIGINAIS MAS COM FORTE INFLUÊNCIA CUBISTA DE KRISTY KEENEY


 
A escultura acima parece, à primeira vista, ter sido feita com papelão, papel machê ou algo do tipo. Mas é uma arte em cerâmica. O autor é o artista irlandês Kristy Keeney, um barbudo hiper-talentoso e original que nós não devíamos deixar passar. Seu trabalho é fortemente influenciado pelo Cubismo, especialmente pelo mestre Pablo Picasso. Mas com um toque próprio! Apesar da aparência ultra-moderna – note as linhas geométricas –, elas levam uma “mão de tinta” que as deixa com aspecto envelhecido. O detalhe é que Keeney é também um excelente pintor. Sua obra pode ser vista e apreciada em seu site. Clique aqui para mais informações.