26/10/2018

AS SURPREENDENTES ESCULTURAS EM EFEITOS TRIDIMENSIONAIS DE CHRIS DOROSZ



Pinturas que viram esculturas ou esculturas que se transformam em pinturas? É um pouco difícil definir o trabalho do artista canadense Chris Dorosz, mas vamos tentar. Ele faz literalmente esculturas com tinta solidificada e suspensa em fios, formando desse modo efeitos tridimensionais interessantes. Utiliza diferentes planos que, independente do ponto de vista do observador, transformam-se em rostos e corpos humanos. Podemos dizer que são “esculturas pontilhistas”. Um detalhe: as pinceladas são suspensas em fios de náilon. Nós achamos a arte de Chris Dorosz interessante e temos certeza que você também achará. Confira aqui.

25/10/2018

AS FANTÁSTICAS BONECAS ONÍRICAS E SENSUAIS DE VIRGINIE ROPARS



Encontramos dias atrás um vídeo em que uma Barbie é transformada numa boneca sensual, com pintas no rosto e cabelos crespos vermelhos. Ficou sensacional. Mas sensacional mesmo são as bonecas da ilustradora, designer de moda e escultora de origem francesa Virginie RopaRs. São criaturas de aparência surreal, muitas vezes inspiradas em filmes de ficção científica e obras de artistas como H. R. Giger. Ropars cuida de cada detalhe dessas personagens, desde a maquiagem até a vestimenta. Algumas são extremamente realistas. O interessante é que ela coloca a feminilidade no lugar principal. Apesar da aparência estranha das suas esculturas, esse detalhe sempre chama a atenção. Ropas é uma artista reconhecida internacionalmente, com exposições na Europa, Estados Unidos e outros países. Clique aqui e saiba mais a seu respeito. Você vai se surpreender.

19/10/2018

CONHEÇA AS COLAGENS CHAMATIVAS E SURREAIS DE JULIA LILLARD



Temos publicado muita coisa sobre escultura ultimamente, daí que ficamos devendo sobre pintura, fotografia, instalações e colagem. Existem muito trabalho em pintura que ainda precisa ser revelado. Mas hoje resolvemos mostrar uma artista especializada em colagem: Julia Lillard. Definido pela própria artista como surreal, o seu trabalho mescla elementos aparentemente opostos para formar imagens chamativas e absurdas. Elementos da cultura pop são com frequência misturados com imagens da cultura clássica. Animais são utilizados para dar forma a rostos humanos. Não raro, ela usa o humor em sua obra. Embora desconhecida no Brasil, Lillard é bastante famosa no exterior, onde comercializa uma vasta gama de produtos com suas imagens: bolsas, mochilas, cortinas, camisetas, relógios, almofadas... Conheça melhor as colagens surreais de Julia Lillard clicando aqui.

16/10/2018

INCRÍVEIS ESCULTURAS FEITAS EM PAPELÃO POR JAMES GRASHOW


 
James Grashow é um artista muito conhecido em seu país de origem, os Estados Unidos. Possui um vasto número de referências na internet, inclusive nas redes sociais. É possível com um único clique encontrar vários vídeos sobre o seu trabalho. O problema é que, como muitos artistas estrangeiros, ele quase não possui referências em nossa língua materna: o português. É lamentável que isso venha acontecendo com tanta frequência, ainda mais no caso de artistas como Grashow, que produz esculturas originais e divertidas. Esculturas que deviam ser conhecidas por aqui (ainda bem que existe o VEL para revelar artistas como ele em português). Além de trabalhar com gravação em madeira, ele produz esculturas em papel cartão. Rebuscadas e com detalhes que chamam a atenção à primeira vista, elas são com frequência expostas nas galerias norte-americanas. Um de seus trabalhos mais fantásticos é uma reprodução da Fontana di Trevi, uma das mais conhecidas atrações turísticas de Roma. Dignos de elogios são também os buquês em papel-cartão colorido, onde ele mistura elementos naturais com detalhes urbanos. Entre aqui e saiba mais sobre esse talentoso artista.

15/10/2018

TODA A BELEZA DA DANÇA NA FOTOGRAFIA DE KEN BROWAR E DEBORAH ORY



Vocês não imaginam como o nosso trabalho é satisfatório. Quando achamos que descobrimos um artista insuperável, de repente surge outro para mostrar que estávamos errado. E quando imaginamos que jamais veremos nada mais bonito, logo aparece algo ainda mais belo. Beleza é, por sinal, a melhor palavra para definir a série de fotografias NYC Dance Project, de autoria de Ken Browar e Deborah Ory. Com imagens de bailarinos de companhias norte-americanas como o American Ballet Theatre, eles nos deixam literalmente sem fôlego. Parece que eles estão flutuando. Ou deixando-se levar pelo vento.
O NYC Dance Project é muito mais do que um site dedicado à dança e/ou livro de fotografias, é, como o próprio nome indica um projeto que envolve muito mais do que isso. E já que falamos em site, não custa fazer um pequeno elogio.
Encontramos centenas de sites de artistas dos mais variados lugares e com os mais inusitados talentos. Foram poucas as ocasiões, no entanto, em que topamos com algo tão bem feito quanto o NDP. Trata-se de um portfólio imenso, digno de ser por mais de uma vez admirado em virtude da sua estética e da sua mensagem. Vocês precisam conhece-lo.
Entre aqui e conheça o mundo da dança pelas lentes de Ken Browar e Deborah Ory (uma curiosidade: Deborah também é bailarina e, junto com Ken, possui filhos bailarinos).

12/10/2018

AS ESCULTURAS DRAMÁTICAS E INCÔMODAS DE CHRISTIAN ZUCCONI



Descobrimos as esculturas de Christian Zucconi num site sobre arte bizarra (ou sobre a beleza e os sentimentos da arte bizarra). Pois foi uma das melhores descobertas que fizemos nos últimos tempos. Embora possuam um aspecto amedrontador e/ou melancólico suas esculturas nos levam muitas vezes a refletir sobre a natureza humana. Digamos que conduzem à reflexão sobre a fragilidade da condição da pessoa humana. Ou sobre a fragmentação do homem e decomposição da sociedade. A intenção do artista em provocar reações dramáticas no espectador parece bem clara. Além de combinar vários materiais, Zucconi cria esculturas ora fragmentadas, ora remendadas (os remendos parecem suturas feitas em hospitais). Além de esculturas, ele trabalha com fotografia, vídeos e arte performática. É um artista de mão cheia, que nós recomendaríamos muitas vezes. Clique aqui e conheça as esculturas dramáticas de Christian Zucconi.

11/10/2018

FORMAS GEOMÉTRICAS E LINHAS PERFEITAS NA ESCULTURA DE MARÍA ORIZA PÉREZ



Temos com frequência encontrado artistas dos mais variados ramos da arte, alguns extremamente originais. Como consequência, a lista de escultores e designers que mereciam ser citados aqui tornou-se imensa. Vamos hoje citaremos o caso da espanhola María Oriza Pérez. Seus trabalhos em cerâmica, poliéster, ferro e outros materiais transbordam originalidade. Além de experiente em dar formas extraordinárias a suas esculturas, ela lhes dá volume (e muita beleza, com toda a certeza) através de linhas, redes e retículas. São linhas que evidenciam a estrutura da obra, dando em diversos casos a impressão de movimento. O interessante é que o seu trabalho possui alto apelo decorativo, embora também fique muito bem em museu de arte. É lamentável que seja divulgado apenas pelo Facebook, além de um ou outro site sobre arte. Maria Oriza Pérez devia ser mais conhecida. Clique aqui e conheça melhor a sua obra.

03/10/2018

CONHEÇA AS INTRINCADAS E HIPNÓTICAS ESCULTURAS EM PAPEL DE MATTHEW SHLIAN


 
O artista norte-americano Matthew Shlian utiliza a engenharia para criar objetos com perfeitas e hipnotizantes formas geométricas. Sua matéria-prima é o papel e nada mais. Feita com micro-dobraduras essas esculturas chamam a atenção pela perfeita simetria (se bem que um das coisas que mais chamaram a nossa atenção foi a perfeita paciência de Shlian para criar essas obras). O resultado é simplesmente maravilhoso. Shlian possui publicações no Facebook e outras redes sociais. Tem ainda site próprio, onde divulga todo o seu trabalho. Com tanta matéria farta sobre esse artista, nós ainda estamos perguntando porque demoramos tanto para descobrí-lo. Clique aqui e conheça as intrincadas e hipnóticas esculturas de papel de Matthew Shlian.

01/10/2018

AS INSTALAÇÕES, TELAS E ESCULTURAS COM INFLUÊNCIAS DA CULTURA JAPONESA FEITAS POR JACOB HASHIMOTO


 
As pessoas são de modo geral arredias às instalações, e talvez porque não conheçam os excelentes trabalhos de sujeitos como o norte-americano de origem japonesa Jacob Hashimoto. Suas instalações são dignas de suspiros, às vezes em virtude do tamanho, às vezes por causa da beleza, ou por ambos os motivos. Hashimoto produz também esculturas, móbiles e telas. Eles são em grande parte constituídos de círculos feitos de papel de arroz unidos por diversos tipos de linhas – como as quase invisíveis linhas de pesca. Outra matéria-prima bastante utilizada é o bambu, e talvez por influência da cultura japonesa. As telas parecem cortinas. Hashimoto é um daqueles artistas desconhecidos dos brasileiros, mas que fazem um sucesso tremendo nas galerias e museus gringas. Vale a pena conhecê-lo. Recomendamos. Clique aqui e saiba mais sobre a arte de Jacob Hashimoto.

26/09/2018

ESCULTURAS COM FORTE APELO ECOLÓGICO DE SUSAN SALADINO



É frustrante trabalhar com arte, ainda mais quando descobrimos um artista sem patavina alguma de informação sobre ele na internet. Temos que vasculhar site por site, rede social por rede social até descobrirmos referências a seu respeito. Alguns sequer possuem websites para que possamos apresentar seus portfólios (nem mesmo uma conta no Flickr). Felizmente, demos sorte com Susan Saladino. Escultora norte-americana de talento admirável, ela produz bonecas com elevado apelo ecológico. Suas saias geralmente são feitas de gravetos e outros pedaços de madeira. Interessante é que a maioria possui olhos vendados. Além de escultora, Saladino é também excelente pintora (suas pinturas possuem forte inspiração clássica), mas  o que chama mesmo a atenção são as bonecas, não há como negar. Entre aqui e conheça as esculturas com apelo ecológico de Susan Saladino (uma observação: ela seria elogiadíssima se optasse pela carreira de estilista de moda).

22/09/2018

CONHEÇA AS BELAS ESCULTURAS EM MADEIRA DE LEE JAE-HYO



Estamos aos poucos tentando retomar o VEL e esperamos voltar em breve para as nossas atualizações diárias. Ainda mais porque a quantidade de artistas que merecem ao menos uma citação em nosso blog não para de crescer. Veja o caso do escultor sul-coreano Jae-Hyo Lee. Ele trabalha com esculturas em madeira há muito tempo, mas só agora conseguimos descobri-lo (as referências sobre ele em português são quase inexistentes). Lee trabalha com diversos tipos de materiais, como a pedra e o aço, mas é a madeira que mais tem chamado a atenção de galeristas e fãs de arte. Seus móveis e esculturas abstratas deixam-nos curiosos sobre o modo como ela é meticulosamente arranjada para lhes dar tais formas. Enquanto alguns lembram donuts, outros remetem a cones de sorvete ou pequenos objetos decorativos. Lee é bastante conhecido no exterior, além de prestigiado em seu próprio país. Descubra a arte de Jae-Hyo Lee clicando aqui.

19/09/2018

A RELAÇÃO ENTRE O CORPO HUMANO E A NATUREZA NA ARTE DE AMY JUDD



Infelizmente, não estamos conseguindo atualizar o VEL com a periodicidade que gostaríamos. Mas, na primeira oportunidade, voltaremos a divulgar novas propostas artísticas. Temos descoberto coisas novas com frequência nos últimos tempos. Uma delas é a artista britânica Amy Judd. Radicada em Londres, ela é autora de quadros encantadores sobre a relação entre o corpo humano e a natureza. São pinturas surrealistas e com uma leve carga erótica. Não sabemos se de forma intencional, mas Judd faz ainda um paralelo interessante entre a arte moderna e os mitos gregos. Se você curte a arte surrealista, certamente irá gostar de seu trabalho. Clique aqui e saiba mais.

10/08/2018

AS CERÂMICAS MULTICOLORIDAS E PSICODÉLICAS DE DEAN MCRAINE



Precisamos vasculhar sites, redes sociais e livros de artes para descobrir novos artistas. Em algumas ocasiões, no entanto, são eles que vem até nós. Estamos distraidamente fuçando o Facebook e tchan!, lá está o sujeito mostrando as maravilhas que é capaz de fazer. Foi o que aconteceu com o artista norte-americano Dean Mcraine. Especialista na produção artesanal de potes, pratos e outros materiais feitos em argila, ele possui uma técnica no mínimo original. Fatia a argila e mistura com outras em cores variadas, formando diferentes camadas e desenhos. Depois, transforma aquele bloco multicolorido na peça que tem em mente. O mais interessante é que ele consegue formar figuras e desenhos geométricos mais ou menos dessa maneira. É assim que surgem as suas cerâmicas multicoloridas e psicodélicas. Caso tenha curiosidade em conhecer melhor o trabalho de Mcraine, basta procurar a respeito no YouTube. Mas se o seu interesse for conhecer o site do artista, basta clicar aqui.

05/08/2018

AS FANTÁSTICAS ILUSTRAÇÕES E FOTOS EM ESTILO GÓTICO DE NATALIE SHAU


 
O mínimo que podemos dizer sobre as ilustrações e fotografias da artista Natalie Shau é que são deslumbrantes. Sediada em Vilnius, na Lituânia, ela faz trabalhos para agências de comunicação e para si mesma. Com cores fortes, suas fotos mostram modelos utilizando vestuários chamativos em cenários fantásticos. A maioria da modelos lembra as delicadas bonecas de porcelana. Foi até difícil escolher uma imagem legal para ilustrar essa matéria, tamanha a beleza do trabalho dessa artista. Suas ilustrações seguem o mesmo padrão: mulheres que parecem de porcelana, figurinos chamativos e um detalhe que muito interessante sobre o estilo gótico. Conheça melhor a fotografia e ilustração de Natalie Shau clicando aqui.

02/08/2018

PINTURAS A ÓLEO ENTREMEADAS POR EFEITOS GEOMÉTRICOS DE MORITZ JAEGER


 
Em virtude de problemas alheios à nossa vontade, precisamos dar uma pausa no VEL nas últimas semanas. Mesmo assim, continuamos descobrindo artistas novos (e sempre na ânsia de divulgar aqui, pois tratam-se de sujeitos extremamente originais). Um desses artista é o pintor suíço Moritz Jaeger. Suas pinturas a óleo retratam paisagens e pessoas entremeados por efeitos geométricos, muitas vezes como se estivessem sendo vistos por prismas. Elas são cheias de detalhes que saltam aos nossos olhos, alguns vistos como surreais. Mosaicos como o da imagem acima surpreendem também pelo realismo. Se você gosta de artistas originais, devia conhecer melhor o portfólio de Jaeger. Basta clicar aqui.

16/07/2018

DANÇARINOS SUSPENSO NO AR ATRAVÉS DAS MONTAGENS FOTOGRÁFICAS DE MIKE CAMPAU


 
Mike Campau é um designer gráfico e ilustrador norte-americano baseado no estado de Michigan. Produz fotografias publicitárias para clientes de grande porte como Nike e Apple. Expert em softwares como Photoshop, ele também cria fotografias artísticas, algumas incríveis. As séries Motion in Air e Motion in Air 2 fizeram um sucesso tremendo não só entre os fãs de artes gráficas, como os de fotografia em geral. Mostram dançarinos suspensos no ar, seguidos ou sustentados por faixas e espirais. Quase tudo é produzido no computador, embora pareçam extremamente reais. Interessante é que ele explica a sua técnica em detalhes. Caso seja um fã de fotografia publicitária, você com toda a certeza irá gostar do trabalho de Campau. Recomendamos. Clique aqui.

14/07/2018

A SURPREENDENTE ARTE CURVILÍNEA DE RICARDO CHAVEZ MENDEZ



Surpreendente. É o mínimo que podemos dizer sobre a arte de Ricardo Chavez Mendez, de Albuquerque, Estados Unidos. Mexicano de origem, ele está sempre puxando algum elemento da cultura de seu país nos seus trabalhos. O Dia dos Mortos, a devoção a Nossa Senhora de Guadalupe e a arte pré-colombiana são presenças constantes. As pinturas com fortes influências da cultura africana fizeram um sucesso tremendo entre os internautas. O detalhe é que Mendez utiliza as formas curvilíneas com frequência. Ele é mestre numa técnica chamada curvismo (o que dá para perceber pela quantidade de curvas/espirais). O uso do aerógrafo é também constante. E como se não bastasse, Mendez é um artista versátil, capaz de pintar uma paisagem com a mesma desenvoltura com que cria uma imagem abstrata. Além de trabalhar com pintura, ele também mantém um escritório de design gráfico. Chegou a expor em diversos países da Europa, Ásia e América. Clique aqui e conheça melhor o trabalho de Ricardo Chavez Mendez.

11/07/2018

A ARTE MODERNA E COM ELEMENTOS DA ESTÉTICA RENASCENTISTA DE OLGA SUVOROVA


 
As redes sociais têm nos ajudado com frequência a encontrar talentos das artes desconhecidos dos brasileiros. Quase todos os dias topamos com algo original. Curiosamente, alguns são encontrados totalmente por acaso. Foi o que aconteceu com a artista russa Olga Suvorova. Estabelecida na fria, mas belíssima São Petersburgo, ela estudou arte num renomado instituto de arte e escultura local. Sua obra possui um toque bastante original, embora remeta a elementos da estética renascentista, neoclássica e contemporânea. Influências sacras, bem como da cultura russa são flagrantes. Outros detalhe: Suvorova parecer querer retratar uma elite nobre, aparentemente medieval. E o que é melhor: seus quadros possuem cores vibrantes, além de detalhes que saltam aos olhos. Chamam especial atenção as vestes dos personagens por ela retratados, com flores que ora parecem pintadas, ora parecem bordadas. Um detalhe: ela é com frequência elogiada nos periódicos sobre arte, além de que está sempre em exposição em alguma galeria da Europa, Ásia ou América do Norte. Descubra melhor as pinturas dessa magnífica artista clicando aqui.


09/07/2018

PESSOAS BANHADAS EM SUBSTÂNCIAS PASTOSAS E LÍQUIDAS NA ARTE DE IVAN ALIFAN


 
“Not Milk” (“Não Leite”, em português). Foi com esse nome que o artista Ivan Alifan batizou a série de pinturas em que retrata – em alguns casos de modo cômico, obviamente – pessoas banhadas em substâncias pastosas como chantili e líquidas como leite. Como dá para notar, ele não desejava mostrar as características físicas dos retratados, mas criar um linguagem subjetiva, que transita entre o engraçado e o sexualmente apelativo. Mais do que isso, desejava que o próprio expectador desse sentido a essas obras. Queria fazer com que sua arte mexesse com a imaginação das pessoas. Interessante é que, por vezes, temos a impressão de que os quadros foram feitos com chantili e demais substâncias acima citadas. Entre aqui para conhecer seu incrível portfólio.


02/07/2018

DESCUBRA AS ESCULTURAS ONÍRICAS E ENVOLVENTES DE GÉRARD COLLAS


 
Gérard Collas é um artesão/artista francês que expõe pouco em museus e galerias. É também quase desconhecido do mundo virtual. É difícil descobrir algo a seu respeito, mesmo em sua língua materna, o francês. Nascido em Paris, Collas começou a trabalhar com arte há cerca de 20 anos. Começou produzindo em pequena escala, até se tornar um artista super produtivo. Ele cria esculturas feitas com diferentes materiais, da pedra bruta a objetos retirados do lixo. São peças coloridas, onde diferentes personagens parecem interagir. A influência dos cartoons e da cultura pop de modo geral é extremamente perceptível, mesmo que suas esculturas remetam a mundos de sonhos. Conheça as esculturas oníricas e envolventes de Gérard Collas depois de clicar aqui.

30/06/2018

FRUTAS, LEGUMES E OUTROS VEGETAIS NAS PINTURAS SURREAIS DE ALONSA GUEVARA



Vibrante, colorida e original. Chamativa, estupenda, criativa. Faltou-nos adjetivos para elogiar as pinturas da chilena Alonsa Guevara quando topamos com elas pela primeira vez. Foi então que resolvemos fazer uma pesquisa mais apurada a seu respeito e... Não encontramos absolutamente nada em português! Nadica de nada. Não era possível que uma artista talentosa como ela não tivesse pelo menos uma referência em nossa língua. É bem provável, portanto, que sejamos os primeiros. Alonsa produz retratos de mulheres nuas ou seminuas rodeadas de frutas e legumes de todos os tipos. O curioso é que ela faz questão de ir ao supermercado e escolher cada uma desses vegetais que, digamos assim, servirão de modelo. Embora tenha nascido no Chile, Guevara passou boa parte da vida entre as florestas tropicais do Equador, que até hoje servem-lhe de inspiração. Isso pode ser facilmente notado em séries como a magistral Spíritu, onde ela mescla elementos como vegetais, pedras e até cabelos. Ou em Ritualistic Sculpures com suas esculturas surreais. Por fim, em virtude da originalidade, criatividade e beleza – além dos adjetivos citados acima –, ela vem há muito colecionando prêmios mundo afora. Prêmios merecidos. Descubra o universo mágico e surreal de Alonsa Guevara depois de clicar aqui.

29/06/2018

JOIAS QUE SÃO VERDADEIRAS OBRAS DE ARTE FEITAS POR ELISE WINTERS


 
Em todos esses anos de existência, o VEL em momento algum divulgou artistas especializados em joias. Para falar a verdade, sequer mencionamos o assunto! É uma pena, pois existem centenas de designers em joias muito talentosos por aí. Um deles é Elise Winters, uma especialista que, apesar de ter “inverno” no nome, produz peças quentes e coloridas. Seus colares, braceletes e brincos vem há um bom tempo chamando a atenção das mais conceituadas publicações especializadas em moda da Europa e Estados Unidos. Claro que não se tratam de peças cravadas de diamantes, esmeraldas ou qualquer outro tipo de pedra ou metal precioso. Mas são da mesma forma absurdamente bonitos. Winters utiliza diversas técnicas para produzir as suas peças. Descubra detalhes sobre o seu trabalho clicando aqui.

27/06/2018

BUSTOS COM CABELEIRAS SURREAIS CRIADOS POR YUANXING LIANG



Os bustos criados pelo artista chinês Yuanxing Liang arrancam suspiros em todos os lugares onde são expostos. Motivos para isso não faltam. Tratam-se, afinal de contas, de esculturas bonitas e meticulosamente trabalhadas. Liang é um artista hiper-talentoso. Mas o que realmente chama a atenção são os aspectos surreais dessas esculturas. Os cabelos possuem detalhes que remetem a paisagens e animais da cultura chinesa, entre os quais o dragão. Além de serem em miniaturas, esses detalhes são bastante rebuscados. Algo digno de nota em blogs e sites como o VEL, que estão sempre atrás de ideias inovadoras e criativas no mundo da arte. Veja mais detalhes aqui.

26/06/2018

CONHEÇA AS ESCULTURAS CINÉTICAS HIPNOTIZANTES DE IVAN BLACK



Uma das mais gratas surpresas descobertas pelo VEL nas últimas semanas é Ivan Black. O cara produz esculturas dignas de elogios. Não são esculturas como outras quaisquer, mas arte cinética da melhor qualidade. Não seria exagero afirmar que são hipnotizantes. Desconhecido dos brasileiros e com poucas referências no mundo virtual, ele vem pouco a pouco chamando a atenção no mundo virtual. Suas maiores inspirações são as formas do mundo natural, que ele meticulosamente transforma em projetos e, pouco depois, em arte móvel. Ao contrário de muitos escultores “cinéticos”, ele produz tanto para ambientes internos quanto para externos, tanto para a luz do dia quanto para a noite. De origem britânica, Black vem expondo com frequência em algumas das melhores galerias e museus de seu país, inclusive no museu de arte cinética de Londres. Descubra e explore melhor a sua arte clicando aqui.