29/04/2018

BODY ART E FOTOGRAFIA NOS BELÍSSIMOS ENSAIOS DE DUONG QUOC DINH


 
O vietnamita Duong Quoc Dinh trabalha com fotografia, artes plásticas e arte corporal. E podemos certamente dizer que não se trata de nenhum gênio. Ele não é o melhor fotógrafo, nem o melhor artista do planeta, mas... E se juntasse seus múltiplos talentos para criar uma nova proposta artística? É justamente isso que ele faz. Duong Quoc Dinh mescla a arte corporal com a fotografia de maneira surpreendente. Com isso, vem chamando a atenção de diversas galerias e sites especializados em arte. Interessante é que, ao invés de criar efeitos de digitação em suas belíssimas modelos, ele recorre à tinta e ao pincel. O resultado pode ser conferido na imagem acima ou nesse link.

27/04/2018

ADORÁVEIS CÃEZINHOS FEITOS EM FELTRO PELA DUPLA RUSSA MAMADOCHA



Baseadas na fria e bela São Petersburgo, as artistas russas Anna Koslenikova e Iryna Khoklova produzem brinquedos irresistíveis. Tratam-se de bichos feitos de tecidos diversos, da estopa ao feltro. O que mais chamam a atenção são os cães, principalmente pugs, feitos em feltros. Com altura entre 15 e 30 centímetros, eles beiram a perfeição. Koslenikova e sua parceira de ofício não são artistas originais, mas chegam a ser excepcionais. Por vezes, os seus cãezinhos parecem de verdade. Suas expressões faciais, olhares meigos e jeitinhos graciosos conquistam até os corações mais gelados. O VEL é um blog dedicado à arte original/singular, mas sempre dá um espaço para artistas talentosos, daí que não podíamos deixar de citar a dupla russa. Elas se identificam como Mamadocha. O problema é que elas não possuem site, nem Facebook, nem Instagram, apenas um canal de vendas (!!), que você pode conhecer clicando aqui.

23/04/2018

ILUSTRAÇÕES SURREAIS, MAS BONITAS, DE VÍSCERAS HUMANAS DE ALFONSO ELOLA



Existe centenas, talvez milhares, de ilustradores que se dedicam a recriar mundos de fantasia, sobretudo dos games. Imagens de mulheres semi-nuas, monstros de aparência extraterrestre, demônios assustadores e paisagens surreais são comuns em seus trabalhos. Um artista com estilo um tanto parecido é o espanhol Alfonso Elola. Mas lembre-se “um tanto parecido” não significa igual. Elola é original em diversos aspectos. Ele produziu séries que fazemos questão de mencionar e compartilhar com nossos amigos do VEL. Chamadas de Organic Portraits (Retratos Orgânicos), Fleshless Feelings (Sentimentos sem Carne) e Anatomical Phases (Fases Anatômicas), elas possuem em comum a exploração da imagem feminina e do surreal. A anatomia humana é sucessivamente mostrada nessas ilustrações. Músculos e ossos são frequentemente expostos, mas sem em momento algum roubar a delicadeza das imagens. Uma das séries mais interessantes é Organic Portraits, onde Elola explora a dualidade da natureza humana. Conheça melhor as sensacionais ilustrações de Alfonso Elola, basta clicar aqui.

22/04/2018

ESCULTURAS MÓRBIDAS E AO MESMO TEMPO BELÍSSIMAS DE LAURIE HASSOLD


 
As esculturas da norte-americana Laurie Hassold são surpreendentes, e por motivos relativos a suas formas intrincadas e quantidade de detalhes (que, aliás, permitem que o espectador se detenha na frente delas por longos minutos). Os críticos também tem chamado a atenção para o fato de que se tratam de esculturas mórbidas e, ao mesmo tempo delicadas. E com toda razão. A morbidez é quase onipresente na obra de Hassold. Algumas esculturas lembram corpos em decomposição. Ou criaturas alienígenas, oriundas talvez de mundos surreais. Ao mesmo tempo, são imbuídos de uma beleza irresistível. Pode até ser que você não concorde com a nossa opinião, mas certamente achará o trabalho de Hassold original. Pena que ela não possui website. Saiba mais sobre esse trabalho clicando aqui

20/04/2018

AS ESCULTURAS FEITAS COM PEÇAS DE PLÁSTICO DE BONECAS DE FREYA JONNES



Peças de brinquedo são as principais matérias-primas das esculturas da artista de origem sul-africana Freya Jobbins. São em geral membros de bonecas velhas (e nem tão velhas assim) que, reunidos às dezenas, formam esculturas com feições humanas. Grande parte dessas feições são de ícones da cultura pop. Temos que lembrar também que uma das principais influências de Jobbins é o artista Giuseppe Arcimboldo. Quem conhece bem a obra desse mestre da pintura, acaba inevitavelmente lembrando dela. O detalhe é que o trabalho de Jones é considerado perturbador por algumas pessoas e divertida por outras. De qualquer forma, é bastante surreal. O processo de criação de Jobbins é meticuloso e demorado, envolvendo desde o tamanho das peças até a perfeita combinaçãoo das cores. Recomendamos uma visita ao site da artista para que você conheça toda a sua obra a fundo. Basta clicar aqui.

18/04/2018

BONECAS DE PANO SURREAIS PRODUZIDAS PELA CONSAGRADA ARTISTA MIRIAM MEDREZ



Embora possua uma extensa carreira e seja muito famosa em seu país de origem, bem como em outros pontos do planeta, a escultura mexicana Miriam Medrez jamais foi citada aqui no VEL. Trata-se, por sinal, de uma artista cuja originalidade vem há muito chamando a nossa atenção. Autora de instalações e esculturas em tecido, ela chama a atenção por invocar a figura feminina, bem como a cultura do seu país. As bonecas de pano de Medrez, lembram as tradicionais bonecas nordestinas. A diferença é que ela trabalha com frequência a relação da mulher com o seu corpo, bem como o mundo em volta. Interessante é que ela também produz telas em tecidos, utilizando quase sempre temas parecidos. Conheça melhor o trabalho de primeiríssima qualidade dessa consagrada artista clicando aqui.

16/04/2018

ANNA TOKARSKA E SUA IRRESISTÍVEL SÉRIE DE FOTOGRAFIAS INSPIRADAS EM GIUSEPPE ARCIMBOLDO


 
A fotógrafa polonesa Ana Tokarska não possui a genialidade de outros profissionais da área. Também não faz o tipo artista criativo, mas... Ela criou uma série que nós fizemos questão de divulgar aqui. Essa série é totalmente inspirada na obra do artista italiano Giuseppe Arcimboldo. São imagens de frutas, verduras e legumes que vistas de perto podem não significar nada, mas de longe formam rostos humanos irresistíveis. A semelhança com as pinturas de Arcimbolso – quem Tokarska utilizou como inspiração – são incríveis. Temos que lembrar que estamos falando de uma artista versátil. Tokarska criou instalações e imagens que chamam muito a atenção em seu site. Para conhecer o seu portfólio, inclusive a série Arcimboldiana, basta clicar aqui.

15/04/2018

MOMENTOS SURREAIS DO FESTIVAL BURNIG MAN CAPTURADOS PELAS LENTES DO FOTÓGRAFO VICTOR HABCHY


 
O Burning Man é um festival da contracultura que ocorre todos os anos no deserto de Nevada, nos Estados Unidos. Uma das suas principais atrações é a galeria de arte a céu aberto (chamada por lá de “playa”), onde são expostas diversas esculturas e instalações gigantes. Uma delas é justamente uma estátua de madeira de um homem que, ao final da festa, é queimada pelos organizadores. O Burning Man é acompanhado desde 2014 pelas lentes do fotógrafo norte-americano Victor Habchy, que, para nossa sorte, transforma os momentos surreais do festival em imagens belíssimas. Ele mostra como um deserto sem vida pode se transformar num lugar mágico e inesquecível. A criatividade dos participantes do festival com suas fantasias leva-nos a pensar em como seres humanos podem ser imaginativos. Dizem que é preciso estar lá para descrever o que é o Burning Man. Mas parece que Habchy conseguiu nos dar uma ideia, uma fascinante ideia. Clique aqui e veja as fotos.

14/04/2018

SERES LENDÁRIOS E CRIATURAS ABISSAIS NAS ESCULTURAS TRANSPARENTES DE CHRISTINA BOTHWELL



Sorte a nossa que a escultora Christina Bothwell possui dezenas de referências, seja através das redes sociais ou seu próprio site, na Internet. Assim pudemos conhecer melhor o seu original e excêntrico trabalho. Bothwell mistura vidro com madeira, pedra e outros materiais para compor suas esculturas. Além de transparentes, elas despertam olhares curiosos em virtude dos motivos surrealistas e, por vezes, estranhos. Suas temáticas incluem seres abissais, criaturas fantasmagóricas e personagens lendários. Parece também que ela está sempre querendo transmitira algum informação sobre nascimento, morte e renascimento. Desconhecida dos brasileiros, a artista é bastante apreciada lá fora. Há muito vem expondo em renomadas galerias norte-americanas – lembrando que ela é de Nova York – e europeias. Seu portfólio permanece disponível na internet para a sua apreciação. Nós achamos que você devia dar uma espiada, pois certamente irá achar seu trabalho interessante. Entre aqui.

13/04/2018

BUSTOS E OUTRAS EXPRESSÕES ARTÍSTICAS MODERNAS DE JON RAFMAN



Escultores foram durante séculos contratados para talhar bustos de personalidades dos mais variados tipos. As imagens que atualmente temos de determinados reis, ministros e papas do passado foram em muitos casos deixadas por esses artistas. Até que surgiu um cara chamado Jon Rafman para mudar o conceito do que seria um busto. Ele criou uma série de bustos intitulada New age para mudar os conceitos desse tipo de arte. Ela foi inspirada num poema de Ezra Pound sobre um sujeito que tenta sobreviver de poesia num mundo cercado por ignorantes. Modernos e em muitos casos provocadores, seus bustos vêm há algum tempo chamando a atenção dos críticos. Rafman explora as possibilidades da arte moderna em seu trabalho. Dá aos bustos e outros trabalhos uma característica atual, que remete à tecnologia e novas expressões artísticas. Mais do que interessante, seu trabalho é original. Link

11/04/2018

AS FOTOS ENCANTADORAS DO "JARDIM SECRETO" DE AARON SLEVIN



Estamos sempre procurando artistas inspiradores, sujeitos capazes de mostrar que a criatividade humana não conhece limites. Um desses sujeitos é o fotógrafo polonês Aaron Slevin. Elogiadíssimo por editores de arte, galeristas e fãs de fotografia, Slevin surpreende com suas séries, entre as quais a belíssima Jardim Secreto. Mas de maneira geral podemos notar diversas influências em seu trabalho, que vão da cultura nórdica às fotos antigas; das fotos simplistas às imagens em tons suaves. Conta-se que viaja quilômetros em busca da paisagem perfeita para criar uma única imagem. Com modelos imersas em líquidos – muitas vezes com flores ou folhas –, algumas fotos têm despertado a curiosidade de leigos e o interesse de editores. São imagens simples e ao mesmo tempo impactantes. Ficam bem tanto numa parede quanto na capa de um livro. Por sinal, Slevin é com frequência requisitado para estampar materiais gráficos das mais variadas espécies. Saiba mais sobre esse trabalho encantador em fotografia clicando aqui.

09/04/2018

PAISAGENS ARTIFICIAIS QUE LEMBRAM CENÁRIOS BUCÓLICOS DO VELHO OESTE NORTE-AMERICANO


  
A série de fotografias “O Pioneer”, da norte-americana Areca Roe leva o expectador a cenários bucólicos do velho oeste. Não são muito diferentes das fotografias tiradas pelo interior do Wyoming, Montana ou qualquer outro estado de natureza luxuriante. Mas uma observação mais apurada conduz a um outro ponto de vista, que contempla as matérias-primas e o processo criativo de Roe. Ela usa peles artificiais para compor suas paisagens, dando a ilusão de que se trata de uma fotografia de meio ambiente. A própria artista chama a atenção para o fato de sua arte ser uma manipulação e, ao mesmo tempo, uma advertência sobre a destruição das paisagens naturais do interior dos Estados Unidos. Roe vem há algum tempo sendo elogiada por diversas plataformas especializadas em arte. Você pode ver mais sobre o seu trabalho clicando aqui.

08/04/2018

AS MANIPULAÇÕES FOTOGRÁFICAS SURREAIS E POÉTICAS DE EVEN LIU



Vocês não imaginam como é frustrante descobrir um artista sem referências biográficas, portfólio, website... Sabemos que o cara existe, que é um gênio e coisa e tal, mas quando tentamos fazer uma pesquisa mais aprofundada sobre o seu trabalho, ficamos de mãos abanando. Felizmente, existem dezenas de referências bacanas sobre o fotógrafo e design gráfico Even Liu (ele é quase onipresente nas redes sociais). Ele explora paisagens urbanas, ambientes naturais e objetos do dia a dia para criar imagens surreais e poéticas. É impossível não se encantar com a beleza de algumas das suas imagens. Sediado em Honk Kong, Liu é com frequência solicitado para fazer capas de revistas e outros trabalhos de design gráfico. Sua fama ultrapassou a Ásia, chegando a países como o Brasil. Pudera, quando o sujeito tem talento, as coisas acabam fluindo naturalmente para ele. Se você gosta de fotografia, prepara-se para o maravilhoso portfólio de Liu. Entre aqui.

07/04/2018

OS ESPELHOS FEITOS DE MATERIAIS INUSITADOS DE DANIEL ROZIN



Temos literalmente que tirar o chapéu para a arte mecânica de Daniel Rozin. O cara cria esculturas interativas capazes de hipnotizar qualquer público. Chamam especial atenção os espelhos. Feitos com bonecos, leques, rolhas e outros materiais – além de muita engenharia, é claro –, eles repetem os movimentos do expectador. Podemos dizer que são espelhos feitos com outras matérias-primas que não o vidro. São materiais que refletem de uma maneira um tanto inusitada a pessoa que olha para eles. Com isso, Rozin prova que a criatividade humana não tem limites. De modo algum. Convém conhecer o que andam publicando sobre ele nas redes sociais, além de visitar o YouTube para saber como os seus espelhos funcionam. Mas se você quiser apenas ter uma leve ideia do trabalho sensacional de Daniel Rozin, basta clicar aqui.

06/04/2018

A SURPREENDENTE ARTE FEITA COM FOGO DE STEVEN SPAZUK


 
Os artistas recém-descobertos por nós são surpreendentes. Coisa de cair o queixo. Temos certeza de que vocês irão gostar. E um desses artistas é o canadense Steven Spazuk. Acredite se quiser, mas obras como a que você está vendo acima são feitas com fogo. Spazuk utiliza lamparinas, isqueiros e objetos em chamas para criar imagens em cativantes tons escuros. Para fazer o acabamento da obra ele muitas vezes recorre a pincéis e até penas, dependendo do caso. Spazuk leva-nos a refletir sobre a utilização de métodos alternativos na arte, bem como sobre a própria arte. Recomendamos uma visita a seu site, onde ele mostra seu portfólio e, além disso, dá uma clara visão sobre os seus métodos. Chamam especial atenção os mosaicos, que são feitos peça por peça. Pode ser que algum dia ele venha a ter problemas de pulmão, quem sabe? Mas seu legado permanecerá incrível. Clique aqui e saiba do que estamos falando.

05/04/2018

BELAS E CURIOSAS ESCULTURAS EM TIJOLOS FEITAS POR BRAD SPENCER



É lamentável que tenham tantos artistas interessantes sem website pessoal e contas no Instagram, Facebook ou Twitter. Gostaríamos de divulgar seus trabalhos, mas de que modo se as referências sobre eles são escassas? Num mundo cada vez mais conectado, é imprescindível que trabalhadores autônomos das mais diversas áreas divulguem suas habilidades. O escultor norte-americano Brad Spencer foi hábil em utilizar a internet como plataforma para propaganda de seu trabalho. Lamentamos apenas que seu site seja muito simples. Brad produz esculturas e auto-relevos em tijolos sensacionais. São trabalhos feitos com tijolos vermelhos, desses com frequência utilizados na construção de residências – e mais recentemente de churrasqueiras – no Brasil. Eles decoram estações de trem, saguões de universidades, praças públicas e outros locais nos Estados Unidos. Poucos artistas fazem trabalhos similares no restante do mundo. Conheça mais sobre as incríveis esculturas em tijolo de Brad Spencer clicando aqui.

03/04/2018

AS ILUSTRAÇÕES EM 3D REALISTAS DE NIKOLA CULJIC


 
As ilustrações do sérvio Nikola Culjic estão longe, muito longe de ser originais. Mas não teve jeito, nós tínhamos que de alguma forma citá-los em nosso blog. Talvez porque ele trabalhe como poucos os efeitos em 3D. Ou talvez porque costume criar ilustrações ricas em detalhes. Culjic produz desenhos que, por seu realismo, parecem saltar do papel. Personagens da cultura pop aparecem com frequência em seus trabalhos. Vale lembrar que Culjic é um daqueles artistas cuja obra gravada em vídeo é com frequência compartilhadas nas redes sociais, mas poucos prestam atenção em que é o autor. Uma visita ao seu Instagram poderá dar uma ideia mais apurada do seu magnífico talento. Clique aqui e veja o que ele foi capaz de fazer.

01/04/2018

AS INÚMERAS POSSIBILIDADES DO METAL COMO MATÉRIA-PRIMA DA ARTE



Descobrimos dezenas de novos artistas ao longo dos últimos meses. Temos, no entanto, dificuldade para publicar material sobre muitos deles em virtude de um problema: os caras não possuem website, páginas em rede sociais ou qualquer coisa que nos leve ao seu portfólio. Temos que lembrar que alguns sequer possuem referências que valham a pena na internet (às vezes apenas uma ou outra citação). Uma vez que se tratam de artistas de talento excepcional, chega a ser uma pena. Ainda bem que conseguimos referências bacanas da escultora Caroline Brisset. Sediada na Bélgica, essa jovem artista produz esculturas capazes de arrancar suspiros até dos afoitos à arte. Em geral, são peças feitas em metal fino, que é cortado, retorcido, amassado até adquirir a forma desejada. Além de arte conceitual, ela cria esculturas decorativas com identidade única. Com esse trabalho, descobrimos as inúmeras possibilidades do metal como matéria-prima para a arte. Brisset é ainda uma daquelas artistas que fazem a gente em muitos casos perguntar: Como é que ela fez isso? Saiba o porquê clicando aqui.

-->