20/10/2017

CENAS QUE MEXEM COM O IMAGINÁRIO NA PINTURA SURREALISTA DE MICHAEL CHEVAL


 
Dali, Magritte e outros artistas surrealistas em momento algum imaginaram que pudessem ter tanto seguidores. Nunca lhe passou pela cabeça que seriam tão imitados. E o que deixaria eles de queixo caído é que alguns desses novos surrealistas esbanjam talento. Dali certamente ficaria encantado com sujeito como Michael Cheval. Nascido no interior da Rússia, o pintor e ilustrador Cheval é um dos artistas mais produtivos já apresentados pelo VEL. Seu portfólio é super extenso. São pinturas com influências surrealistas, mas também clássicas. Cheval chega a fazer uma releitura de obras famosas. A presença feminina é constante em todo o portfólio. São pinturas que distorcem a lógica e mexem com a imaginação do expectador. Ilusões de ótica são trabalhadas em alguns obras. Cheval nos transporta para mundos imaginários, que, de certa forma, são também mundos mágicos. Se você gosta de arte surrealista, irá curtir a sua obra. E mesmo que não goste, irá curtir do mesmo jeito. Entre aqui e entenda o porquê. 

19/10/2017

OS INACREDITÁVEIS MUNDOS EM MINIATURA DE PETER CSAKVARI


 
Os mundos em miniatura do fotógrafo Peter Csakvari estão fazendo um sucesso tremendo na internet. Transformaram o artista nascido na Hungria numa verdadeira celebridade online. Csakvari (é difícil pronunciar o nome do cara) é capaz de transformar um copo de aperitivo numa piscina, uma porção de farinha de trigo numa pista de esqui e por aí vai. Suas principais matéria-primas são os objetos/alimentos do dia a dia. Basta uma cabeça de alho para que uma nova imagem seja construída. Para tanto, ele recorre a homenzinho em miniaturas. Algumas fotos chegam a ser hilárias (lembrando que às vezes ele recorre ao puro non sense para chamar a atenção). É uma pena que ele não tenha site oficial. Para acessar seu trabalho, só mesmo em portais como o Bored Pand. Entre aqui.


17/10/2017

CONHEÇA AS INTRINCADAS E INCRÍVEIS ESCULTURAS DE ARAME DE DEREK KINZETT


 
As esculturas de arame do britânico Derek Kinzett há muito fazem sucesso na internet. Não sem motivo. Trata-se de um trabalho belíssimo, que além de técnica, exige tempo para ser concluído. Kinzett utiliza diferentes tipos de arame para fazer esculturas de frades, ciclistas e fadas, entre outras (a moto é talvez a que mais chama a atenção). Clique aqui para conhecer melhor esse trabalho.

16/10/2017

PERUCAS DE PAPEL EXÓTICAS E REBUSCADAS FEITAS POR ASYA KOSIMA

 

Asya Kosima é autora de uma série de trabalhos em papel que incluem vestidos, máscaras, bonecas e até animais. Os cavalos deixam qualquer especialista em origami de queixo caído. Nada, no entanto, chama mais a atenção do que a sua série de perucas em estilo rococó (elas lembram sobretudo as cabeleiras da época de Maria Antonieta e Luís XVI). Ela usa aviões, navios e até arranha-céus como adereços para essas perucas. A quantidade de coisas chega a ser impressionante. Pode ser que você não se interesse por arte em papel, mas pode ser também que ache o trabalho de Kosima bastante interessante. Eles são delicados e cheios de detalhes intrincados. Recomendo que visite seu web site e descubra como esse trabalho é original. Entre aqui.

15/10/2017

CONHEÇA A CONCEITUADA E FANTÁSTICA ARTE DIGITAL DE PIOTR JABLONSKI


 
O ilustrador digital Piotr Jablonski criou uma série chamada TOMCAT, em que duas crianças que vivem num ambiente urbano denso fazem amizade com um gato de grafite. Tal trabalho é, por sinal, um dos mais elogiados desse artista nascido na Polônia. Ele, no entanto, tem feito muito mais que isso. Jablonski é o responsável pela arte do filme Mulher Maravilha, lançado recentemente nos cinemas (as cenas contando as origens das amazonas). Alguns dos seus trabalhos possuem forte inspiração clássica. Michelangelo tiraria o chapéu para ele, sem sombra de dúvida, mas também ficaria admirado com suas ilustrações conceituais. Conheça melhor esse fantástico artista clicando aqui.

14/10/2017

A BELEZA DA MULHER AFRICANA NAS INSPIRADORAS MANIPULAÇÕES FOTOGRÁFICAS DE INGRID BAARS

 

Assim como muitos artistas, Ingrid Baars fotografa seus modelos e depois manipulas as imagens em computador. Mas o trabalho dessa holandesa radicada na Bélgica possui diferenças interessantes. Ela, por exemplo, tem a cultura africana como sua maior inspiração. A beleza da mulher negra é aproveitada de forma singela e magnífica. Algumas parecem deusas da cultura africana. O detalhe é que Baars também explora de forma magnífica a beleza das máscaras e esculturas da África. É um trabalho sensacional. Diga-se de passagem que é totalmente inspirador. Clique aqui e saiba mais.

13/10/2017

CONHEÇA A INCRÍVEL MAQUIAGEM EM 3D DE MIRJANA MILOSEVIC

 
 
O VEL entrou em contato pela primeira vez com o trabalho da artista Mirjana Milosevic através de um amigo, que indicou um vídeo com suas performances. Nascida na Sérvia, Mirjana “Kika” Milosevic é uma verdadeira especialista em arte corporal. Ela chega a enganar com suas maquiagens realistas. É um trabalho que dura hora, mas que vale realmente a pena. Numa dessas “sessões de maquiagem”, Kika chegou a decapitar a si mesma. Com efeitos em 3D, ilusões de ótica e outras coisas mais, ela acabou chamando a atenção da imprensa do mundo todo. Confira esse trabalho em bodypainting clicando aqui.

12/10/2017

ASTROS DA MÚSICA TRANSFORMADOS EM MONUMENTOS GRANDIOSOS PELO ARTISTA DU KUN



O artista chinês Du Kun se tornou conhecido no mundo todo graças a uma série de trabalhos intitulada Revels of the Rock Gods, em que transforma astros do rock em grandes monumentos. Os retratos são pintados como se fossem mausoléus em homenagem a esses artistas. Os detalhes meticulosos – muitos com referências às religiões orientais, cabe aqui salientar – chamam muito a atenção. Confira melhor esse trabalho sensacional depois de clicar aqui.

11/10/2017

A AMEAÇA SOMBRIA DA MORTE NAS MISTERIOSAS E ASSUSTADORAS FOTOS FEITAS POR MATTHIAS LUEGER

 

Misteriosa. Nebulosa. Sombria. Assustadora. Sobram adjetivos para classificar as fotos do austríaco Matthias Lueger. Ele explora a ameaça sombria da morte, bem como o vagar de almas pelo mundo dos vivos através de uma fotografia mórbida. Para realçar os efeitos desejados, Lueger apela para diversos efeitos, entre os quais o sombreado. Imagens embaçadas são também bastante comuns em seu trabalho. Suas fotos são em geral em preto e branco. Saiba mais sobre o misterioso e sinistro trabalho de Mathias Lueger. Para isso, basta clicar aqui.

10/10/2017

O EROTISMO SUTIL NAS BELAS PINTURAS MONOCROMÁTICAS DE MARTA PENTER


 
A pintora brasileira Marta Penter produz aquarelas, óleos e ilustrações que despertam o olhar pelo forte apelo erótico. Mas não se trata de um erotismo vulgar, e tampouco apelativo. Ela mostra seres humanos com expectativas, sentimentos e histórias. Marta costuma retratar detalhes do corpo, como um fotógrafo que, ao invés de “pegar” a imagem como um todo, prefere focar as minúcias. Cenas de praia são bastante comum. Outro detalhe importante em sua obra é o fato de ser monocromática. Uma das raras cores que se sobressaem é o azul. Enquanto milhares de pessoas sonham em pintar como Thomas Kinkade, Marta pensa em pintar como Marta. Mergulhe no universo de Marta Penter clicando aqui.

09/10/2017

AS ESTRANHAS E UM TANTO SIMPÁTICAS BONECAS CRIADAS POR KLAUDIA GAUGIER


 
As bonecas criadas pela artista polonesa Klaudia Gaugier são estranhas, mas interessantes. Algumas parecem bem macabras, mas... A gente acaba criando simpatia por elas! Isso porque cada boneca possui personalidade/história própria. A artista criou figurinos, maquiagem e expressões faciais que proporcionam uma individualidade ímpar para elas. São expressões que variam da tristeza ao ódio. As bonecas são produzidas para atender grupos de teatro, produções para o cinema e até publicidade. Vale a penas conhecer esse elogioso trabalho. Clique aqui e saiba mais sobre Klaudia Gaugier e suas Horka Dolls.


08/10/2017

ORIGINALIDADE E BELEZA NOS INCRÍVEIS ENSAIOS FOTOGRÁFICOS DE TIM WALKER

 

Um dos fotógrafos de moda mais elogiados da atualidade é o britânico Tim Walker. Ele faz cliques para revistas conceituadas como a W Magazine, Love Magazine e Vogue, entre outras. Em virtude desse mesmo trabalho, foi tema de reportagens até do prestigiado The New York Times. Possui milhares de admiradores na internet, pessoas que volta e meia compartilham suas fotos no Facebook, Instagram, Pinterest e outras redes. Não sem motivos. Walker produz fotos com uma pegada surrealista vibrante. São imagens que remetem a mundos de fantasia, viagens oníricas e pensamentos cobertos de devaneios. Com modelos orientais, a série Magical Thing é sem sombra de dúvida  a mais elogiada. Os retratos de personalidades – entre as quais Tilda Swinton, Rooney Mara, David Lynch, Jonh Cleese e outras – também tem provocado suspiros de fãs e críticos (a foto de Vivienne Westwood.....!!). Por sinal, ele é conhecido por nove entre dez fotógrafos profissionais. Seu site é um banho de originalidade e beleza. Pena que demore tanto para carregar. Entre aqui.

07/10/2017

AS CURIOSAS ESCULTURAS COM ESFERAS DE CRISTAL DE KOHEI NAWA

 
 
Se há um artista talentoso, ele responde por Kohei Nawa. Nascido no Japão, Nawa cria instalações e esculturas com os mais variados materiais (na verdade, vai muito além da escultura). São trabalhos cuja originalidade chama a atenção de museus e galerias de todo o planeta. Nawa chegou a expor em países tão diferentes quanto Alemanha, Coreia do Sul e Brasil. Mas o que desperta a curiosidade dos leigos são as esculturas feitas com esferas de cristal transparentes. Nawa cobre os corpos de animais empalhados com tais bolinhas, criando um efeito bastante interessante. Um dos seus animais prediletos é o cervo, que, segundo o próprio artista, “é tido (no xintoísmo) como um mensageiro usado pelos deuses, fazendo a ponte entre o mundo espiritual e o terreno”. Saiba mais sobre o artista e sua obra clicando aqui (e se você porventura morar em São Paulo, não deixe de ver uma das suas instalações na Japan House).

06/10/2017

O MAR COMO INSPIRAÇÃO NA VIBRANTE PINTURA SURREALISTA DE VICTOR GRASSO



Peixes. Conchas. Polvos. Corais. As criaturas do mar são quase onipresentes na pintura surrealista de Victor Grasso. Criado no litoral, esse artista norte-americano considera o mar como sua maior inspiração. Grasso produz retratos com modelos com corais no pescoço, moluscos nos ombros e por aí vai. O bom observador deve notar os tons escuros na sua obra, que algumas vezes lembram pintores como o barroco Caravaggio. Além de pinturas a óleo, Grasso faz ilustrações a lápis e carvão. Trata-se de um grande talento, um sujeito que merece ser conhecido. Veja o seu maravilhoso portfólio clicando aqui.

05/10/2017

ESCULTURAS CINÉTICAS CHEIAS DE CURVAS E DESLUMBRANTES DE PATRICE HUBERT



Não sou crítico de arte e tampouco tenho talento para descrever qualquer coisa. Mas mesmo que tivesse, enfrentaria uma baita dificuldade para detalhar o trabalho do escultor francês Patrice Hubert. O cara é simplesmente genial. Ele produz esculturas cinéticas gigantes, cheias de curvas e formas. Parecidas com formas orgânicas perturbadoras – como insetos ou plantas alienígenas, vamos assim considerar –, suas obras chamam a atenção até de quem não curte arte. Muitas da peças são rotativas ou móveis, emitindo luzes em alguns casos. Com elas, Hubert parece nos transportar a outros mundos e dimensões, onde a fusão entre seres vivos e máquinas são corriqueiras. O interessante é que ele é praticamente desconhecido dos brasileiros. Clique aqui e veja que trabalho fantástico.

04/10/2017

AS INTERVENÇÕES URBANAS HILÁRIAS DE VANYU KRASTEV



Vanyu Krastev é um fotógrafo búlgaro que cria intervenções urbanas bastante interessantes. De modo aleatório, ele procura objetos que podem hipoteticamente se transformar em carinhas e fotografa eles. Basta colocar dois olhinhos para isso. Digamos que ele dá vida a postes, lixeiras, placas e coisas para as quais raramente damos atenção. O resultado é chamativo e divertido. Você pode conferir isso na imagem acima e no site com o trabalho de Krastev. Entre aqui para conhecer ele. 

03/10/2017

MODELOS EM HARMONIA COM O AMBIENTE NA BELÍSSIMA FOTOGRAFIA DE MARGARITA KAREVA


 
O portfólio da fotógrafa russa Margarita Kareva é, no mínimo, encantador. Motivos para tanto não faltam. Ela produz imagens onde as modelos – mulheres belíssimas, para início de conversas – estão de certa forma em harmonia com o ambiente. As próprias vestes das modelos parecem ter sido feitas para combinar com os elementos em cena. Aliás, os cenários – muitas vezes oníricos e surreais – também são muito bonitos. Veja mais sobre esse trabalho encantador clicando aqui (veja as galerias Art, Plen Air e Studio).

02/10/2017

TODA A SENSUALIDADE DOS MOVIMENTOS CORPORAIS E DA DANÇA NA FOTOGRAFIA DE VADIM STEIN


 
A proposta do nosso blog é, como temos repetidas vezes afirmado aqui, apresentar artistas com técnicas e estilos incomuns. A ordem é: quanto mais original for o cara, mais apto estará a aparecer no VEL. Mas às vezes temos que dar o braço a torcer e apresentar artistas que, quer pelo talento, quer pelo forte impacto de sua obra, não podem de modo algum permanecer desconhecidos. O fotógrafo ucraniano Vadim Stein, por exemplo, é totalmente desconhecido dos brasileiros. Mas não devia, inclusive pela graciosidade e beleza de seu trabalho. Stein produz imagens em preto e branco - e algumas coloridas também - que captam todo o esplendor da dança. Os efeitos de sombra são simplesmente fantásticos. Algumas possuem um grande apelo erótico, mas sem em momento algum tender para a vulgaridade. Ele não possui site pessoal, mas em compensação tem uma galeria no Facebook capaz de encher os olhos. Veja aqui.

01/10/2017

PESSOAS COMUNS TRANSFORMADAS EM INTERESSANTES ESCULTURAS DE PAPEL POR WILL KURTZ



A exposição Extra Fucking Ordinary, do escultor norte-americano Will Kurtz, mostra esculturas de pessoas comuns em tamanho real. A diferença é que uma das principais matérias-primas dessas esculturas é o papel. Jornais, páginas de revistas e outros tipos de papel ganham vida com as suas mãos. Outra diferença é o fato delas retratarem pessoas comuns, com suas virtudes e inúmeros defeitos. Animais, alguns em poses hilárias, também são constantes em sua obra. Detalhe: Kurtz captura as fotos dessas pessoas nas ruas de Nova York com um IPhone. É um trabalho que vale a pena conhecer. Recomendo. Entre aqui.

30/09/2017

JUSTAPOSIÇÕES E COLAGENS TRIDIMENSIONAIS NA COLORIDA ARTE DE ZEREN BADAR



Turco radicado nos Estados Unidos, o fotógrafo autodidata Zeren Badar criou uma série de fotografias peculiar. Podemos dizer que é também bastante chamativa em virtude das cores fortes e objetos utilizados como “matéria-prima”. Badar mescla fotografia com pintura e colagem. Fortemente inspirado nos dadaístas, ele usa justaposições de imagens clássicas com objetos do cotidiano. Podemos dizer que cria obras contemporâneas apelando em parte para pinturas antigas. Ele reinventa a arte. Seu lema é “pegue um objeto e faça algo com ele”. Curta esse trabalho super bacana depois de clicar aqui.

29/09/2017

A PINTURA HIPER-REALISTA COM FORTE APELO ERÓTICO DE JUAN CARLOS MANJARREZ



Mexicano que adotou os Estados Unidos como sua casa – mais propriamente a cidade de Seattle, no estado de Washington –, Juan Carlos Manjarrez já expôs em inúmeras galerias. Pintando quase sempre em preto e branco (algumas vezes com detalhes coloridos), ele produz uma arte com forte apelo erótico. Impressiona o hiper-realismo dos quadros, bem como os detalhes quase impecáveis. Interessante é que ele começou a produzir como autodidata. Foi treinando e errando, treinando e errando que chegou a esse ponto. É difícil resistir ao magnetismo sensual das obras de Manjarrez. Pena que ele não tenha site pessoal. Se quiser conhecer melhor seu maravilhoso trabalho, o jeito é apelar para o Google Images ou Facebook. Entre aqui.

28/09/2017

AS SURPREENDENTES ILUSTRAÇÕES COM EFEITO EM 3D DE TULLIUS HEUER


 
O artista brasileiro Tullius Heuer seria considerado um gênio da arte se, além de fazer logos, peças publicitárias e capas para CDs, pintasse quadros de grandes dimensões. Ou mesmo de médias dimensões! Digo, algo parecido com o que faz o também brasileiro Sérgio Ferro. Radicado em Maceió, Alagoas, Tullius produz obras que mesclam ilustração, fotografia e manipulação digital. Os efeitos em 3D deixam a impressão de que os personagens por ele pintados estão “transbordando” do papel. Tullius cria também ilustrações com forte apelo surreal. É um trabalho sensacional que, como muitos, merecia ser citado aqui no VEL. Para conhecer seu portfólio, clique aqui.

27/09/2017

CORPOS FRAGMENTADOS E PERSONAGENS SURREAIS NA ARTE HIPER-REALISTA DE BEN HOWE


 
Um dos pintores ultra-realistas mais surpreendentes já divulgados pelo VEL é o australiano Ben Howe. Sua arte não é apenas detalhista – lembrando que algumas pinturas parecem fotografias –, mas cheia de elementos que remetem ao sobrenatural. Tudo leva a crer que filmes de terror, bem como a arte surrealista de Magritte/Dali são as maiores inspirações para compor portfólios como o Surface Variations. Corpos fragmentados e personagens surreais são nele quase onipresentes. Dizem que para compor algumas obras do portfólio Crowd Dinamics ele usou modelos em argila. O interessante é que Howe pinta com frequência em preto e branco, dando um aspecto sombrio que combina com a temática das obras. Confira esse excelente trabalho clicando aqui.


26/09/2017

PINTURAS QUE TRANSPORTAM O OBSERVADOR A MUNDOS IMAGINÁRIOS, POR RAFAL OLBINSKI

 
 
O artista polonês Rafal Olbinski possui um estilo que em muito remete ao belga René Magritte. Como todos sabem, Magritte foi um dos principais nomes do movimento surrealista, que muito influenciou a arte do início do século XX para cá. Radicado nos Estados Unidos, onde conseguiu construir uma boa fama, Olbinski não nega as suas influências. Muito pelo contrário. Ele desenvolve uma pintura totalmente surrealista, que transporta o espectador a mundos imaginários. São cenas fantásticas que em muitos casos chegam a ser poéticas. Por sinal, é quase impossível encontrar alguém que não se interesse pela arte surrealista. Saiba mais sobre Rafal Olbinski clicando aqui.

25/09/2017

ANIMAIS MECÂNICOS NA ARTE EM ESTILO STEAMPUNK DE VLADIMIR GVOZDEV


 
O steampunk é uma forma de arte com milhões de fãs ao redor do mundo. Não saberei opinar sobre os reais motivos, mas diria que ele exige uma criatividade fora do comum do artista. É o caso do ilustrador e escultor russo Vladimir Gvozdev, cujas obras em estilo steampunk – sobretudo as ilustrações, quero aqui ressaltar – surpreendem por sua beleza e viés criativo. Ele cria animais mecânicos e insetos movidos a vapor, saídos provavelmente de algum mundo onírico de ciborgues. Embora seja desconhecido no Brasil, Gvozdev já expôs em diversos países mundo afora. Suas esculturas também chamam bastante a atenção, mas.... é uma pena que seu site esteja apenas em russo. Conheça melhor esse trabalho sensacional clicando aqui.

24/09/2017

FUSÕES ENTRE SERES HUMANOS E OUTRAS LOUCURAS NAS SURREAIS MANIPULAÇÕES DE ULRIC COLLETTE

 

O fotógrafo e designer gráfico canadense Ulric Collette é responsável por algumas das séries fotográficas mais interessantes já descobertas pelo VEL. Uma delas é Genetic Portraits, em que ele funde retratos de dois entes de uma mesma família, formando uma só pessoa. As similaridades são impressionantes, dando em alguns casos a impressão de que realmente se trata de uma única pessoa. Mas uma vez que Collette é especializado em manipulação fotográfica, ela faz bem mais do que isso. Transforma cabelos femininos em mares, transforma animais em seres humanos... Se você gosta de manipulações fotográficas surreais, recomendo o seu portfólio. Basta clicar aqui para conhecer.

23/09/2017

O CORPO EM MOVIMENTO NA EXCEPCIONAL FOTOGRAFIA DE SHINICHI MARUYAMA


 
A série de fotografias Nudes, do fotógrafo japonês Shinichi Maruyama despertou a curiosidade tanto do público quanto da crítica. Só para se ter uma ideia, foram publicadas reportagens a respeito em alguns dos mais conceituados sites de notícias do mundo. Apesar de pequena, é uma série realmente excepcional. Tratam-se de imagens de uma bailarina em movimento que, por vezes, dão a impressão de se tratar de uma escultura. Para criar o efeito de movimento, Maruyama recorreu a uma famosa coreógrafa e a 10 mil fotos diferentes (isso mesmo: 10 mil para formar uma única imagem). Basta sobrepor as imagens para paralisar o tempo e o movimento. É muito interessante. Veja mais aqui.

22/09/2017

CRIATURAS CELESTIAIS EM EXPERIÊNCIAS MÍSTICAS NA PINTURA DE THOMASZ KOPERA



Originário da Polônia, o artista Thomazs Kopera é autor de algumas das pinturas mais chamativas do VEL. São quadros que retratam situações surreais, normalmente com personagens que habitam outros mundos, quase sempre passam por experiências místicas. Eles receberam nomes como “A Queda”, “Luz da Vida”, “Despertando”... Foram feitos para servirem de reflexão e contemplação. Podemos dizer que Kopera não é nenhum gênio da arte, mas certamente é um grande pintor. Vale a pena conhecer seu imenso e belo portfólio. Acesse aqui.

21/09/2017

ANIMAIS EXÓTICOS E DETALHES SURREAIS NA SURPREENDENTE PINTURA DE KATE BERGIN


 
A pintura da artista australiana Kate Bergin chama a atenção já no primeiro olhar. Com reproduções detalhistas das mais diversas espécies animais, eles possuem uma beleza incomparável. Kate brinca com zebras, ursos, cangurus e outros bichos, mostrando-os como se fossem troféus. Ou se estivessem sendo servidos numa mesa! Em alguns quadros – cujo gigantismo chega a surpreender –, eles interagem totalmente com o ambiente em volta. Em outros, parece que estão interagindo com outras obras de arte, formando ilusões dentro de ilusões. Há sempre um detalhe surreal nas imagens, como o pato com uma xícara no pescoço visto na imagem acima. O mais curioso na obra de Bergin é a presença constante do telefone preto. O  que ela quer transmitir com isso? Kate Bergin é uma daquelas artistas com escassa divulgação em português. Ainda bem que o VEL a descobriu e resolver mostrar sua obra para os brasileiros, que vale mesmo a pena ser conhecida. Entre aqui

20/09/2017

O DIA DE LOS MUERTOS NAS ESCULTURAS E FANTASIAS DE KRISZTIANNA ORTIZ



O Dia de Los Muertos é uma das datas mais importantes do folclore mexicano. Foi inspirado nele que a escultora e ilustradora Krisztianna Ortiz produziu a série de esculturas Muertita. São cabeças femininas com máscaras que em muito se assemelham aos souvenires e demais produtos encontrados nesse período (um detalhe: lembram as cabeças de animais que são transformadas em souvenires por caçadores). Elas receberam nomes como “Summer Muertita”, “Pacific Muertita” e por aí vai. Esta última, por exemplo, é decorada com flores e motivos que lembram o fundo do oceano. Vale lembrar das fantasias e maquiagens com referências ao mesmo tema feitas pela artista. Krisztianna é também uma excelente ilustradora. Você pode até não gostar do trabalho dela, mas certamente o achará muito interessante. Clique aqui e saiba mais.

19/09/2017

PERSONAGENS SALTAM DE DENTRO DOS LIVROS NA CRIATIVA FOTOGRAFIA DE THOMAS ALLEN


 
O fotógrafo Thomas Allen angariou uma legião de fãs na internet com um trabalho bem simples. Ele recorta os desenhos ou silhuetas de livros com um estilete e posiciona as figuras de modo a formarem uma cena que mereça ser clicada. Allen começou trabalhando com livros do tipo pulp, uma literatura com papel de baixa qualidade impressa a partir da década de 1920. Depois passou para outros tipos de livros, até formar um portfólio variado e interessante. Mesmo que não goste de arte, você vai curtir o trabalho desse profissional das lentes norte-americano. Seu portfólio é bastante amplo e interessante. Eu gostei tanto que, além de divulgar no VEL, fiz questão de mostrar para meus amigos de Facebook. Entre aqui e veja o que Allen criou.