05/10/2017

ESCULTURAS CINÉTICAS CHEIAS DE CURVAS E DESLUMBRANTES DE PATRICE HUBERT



Não sou crítico de arte e tampouco tenho talento para descrever qualquer coisa. Mas mesmo que tivesse, enfrentaria uma baita dificuldade para detalhar o trabalho do escultor francês Patrice Hubert. O cara é simplesmente genial. Ele produz esculturas cinéticas gigantes, cheias de curvas e formas. Parecidas com formas orgânicas perturbadoras – como insetos ou plantas alienígenas, vamos assim considerar –, suas obras chamam a atenção até de quem não curte arte. Muitas da peças são rotativas ou móveis, emitindo luzes em alguns casos. Com elas, Hubert parece nos transportar a outros mundos e dimensões, onde a fusão entre seres vivos e máquinas são corriqueiras. O interessante é que ele é praticamente desconhecido dos brasileiros. Clique aqui e veja que trabalho fantástico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário