12/07/2010

FORMOSAS GEOMÉTRICAS INCOMUNS E ESTÁTUAS INCRÍVEIS DE ROBERT CANNON


Eu fico impressionado com a quantidade de espaços mal aproveitados nas grandes cidades. Um dos maiores exemplos é São Paulo, uma megalópole quase sem verde e quase sem áreas de lazer. Você pode argumentar que SP tem dezenas de parques, centenas de praças etc, etc, etc. O problema é que a quantidade de parques e praças é inferior ao recomendado. Outro problema: algumas regiões não tem nenhum parque. A população precisa fazer algo a respeito.
Cidades como Rio, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Fortaleza (!!!) bem que podia possuir mais parques. A população carece de áreas de lazer e descanso.
Mas o que isso tem a ver com a obra de Robert Cannon? Muito, talvez. Assim como Anish Kapoor, Burle Marx e outros grandes "interventores" da paisagem, Cannon é inspirador. Suas instalações (e vasos) incomuns dão uma ideia do que podia conter algumas praças. Cannon dá uma luz sobre como podíamos aproveitar os ambientes de forma harmoniosa e original. Ele transforma formas geométricas incomuns e estátuas em vaso belíssimos.
Cannon bem que podia servir de inspiração para nossos políticos. Entre aqui e confira a sua obra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário